Isca de pássaro é peixe na gaiola – Antonio Barreto e outros

R$ 37,00

miguilim

Textos Antonio Barreto
Ilustrações Maurizio Manzo
Páginas 48
Formato 23×28 cm
Cores 2×2
Peso
ISBN 978-85-7442-148-3

20 em estoque

  • Descrição
  • Informação adicional

Descrição do produto

Uma viagem pelo tempo, pelo ar e pelas águas. Um convite ao sonho, à liberdade e ao desejo.
Isca de Pássaro é Peixe na Gaiola é pura poesia. Os versos mágicos de Antonio Barreto que viajam numa sequência mais ou menos lógica de tempo e espaço são acompanhados pelas fantásticas ilustrações de Maurizio Manzo. Estes dois grandes profissionais premiados por diversos trabalhos provam, com esta belíssima obra, que livro infantil é para crianças de todas as idades.
São 17 poemas que viajam pela fantasia e pela imaginação do autor que compartilha com o leitor as suas reflexões, em suas próprias palavras: “…não podemos ter a dimensão verdadeira do céu em que nadamos nem a força exata das correntezas em que voamos, sem asas e barbatanas, dentro de nós mesmos. E porque descobri isso, gostaria de compartilhá-lo com o leitor.”
Publicado na década de 1980 pela Miguilim e premiado em 1987, o livro ganhou nova edição em 2013 com um belíssimo projeto gráfico. Em 2015 foi selecionado para a Bienal de ilustrações de Bratislava (Eslováquia) e para compor o acervo da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte.

Tema: poesia, fantasia, tempo, animais, natureza, sonho, liberdade

Gênero: poema


Prêmio Henriqueta Lisboa de literatura infantil, 1987 – 2º lugar.
Selecionado para o Programa Cantinho de Leitura da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais, 1997/1998.
Selecionado para a Bienal de ilustrações de Bratislava (Eslováquia), 2015.
Selecionado para compor o acervo da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte, 2015.

Sugestão de atividades:
1- Estudo do estrato ótico: o desenho que as palavras formam na página, especialmente significativo nas duas partes finais.
2- Criação de textos explorando o estrato ótico.
3- Paralelo entre esta obra e “Lua no varal”, do mesmo autor: a memória e a infância como temas principais.

barreto barreto